Tomar: Convento de Cristo

Tomar: Convento de Cristo

Construído no alto de uma colina o Convento de Cristo em Tomar é um lugar simplesmente majestoso. Fundado em 1162 pelo Grão Mestre dos Templários, Gualdim Pais, o lugar, foi construído ao longo de cinco séculos, e ainda mantém algumas lembranças destes monges-cavalheiros da Ordem de Cristo. Os Cavalheiros Templários ajudaram Portugal na guerra contra os Mouros e como reconhecimento foram agraciados com terras e poder político, com isto castelos, igrejas e até cidades surgiram sob sua proteção. A sua influencia era tão grande, que quando o Papa Clemente V decidiu eliminar a Ordem dos Templários, eles foram protegidos em Portugal e o Rei Dinis os transformou na Ordem de Cristo, que herdou todas as propriedades e privilégios dos templários.

Quando for visitar o Convento de Cristo, vá sem pressa e aprecie cada sala, corredor e claustro, pois todos estão recheados de história e detalhes. Posso dizer isto com propriedade: em minha viagem em 2008 visitei o Convento com uma certa pressa. Confesso que agora, escrevendo este texto, percebi quantos detalhes deixei de admirar e conhecer. Por isto já me decidi que, quando voltar lá, terei todo o cuidado e nenhuma pressa, pois ele não foi considerado pela Unesco um patrimônio da humanidade a toa.

jardim que dá acesso ao Convento de Cristo

Porta da entrada sul na praça das armas

detalhe da porta da entrada sul

A Charola é o núcleo do mosteiro e seu desenho esta baseado na Rotunda do Santo Sepulcro de Jerusalém, com um octógono central de altares. Quando em 1356, Tomar se tornou a seda da Ordem de Cristo em Portugal a Charola foi decorada para refletir toda a riqueza da ordem. Os quadros, afrescos e estátuas passaram por um processo de restauração recentemente.

Cristo crucificado no altar da Charola

no anel externo da Charola temos diversas gravuras em suas paredes

Claustro de D. João III

nave da Igreja Manuelina vista do terraço de cera, no qual os favor de mel eram secos

ruínas dos antigos apartamentos reais

refeitório dos frades

Capela Portocarneiro: Mausoléu particular construído por Antonio Portocarneiro, almoxarife das rendas da Mesa Mestral da Ordem

claustro do pão: aqui eram distribuídos pães aos pobres que batiam à porta do mosteiro

Após a visita ao Convento não deixe de visitar Tomar, pequena, agradável, e com profundas raízes no passado, o tempo parece passar mais devagar por lá. Aproveite para caminhar e também para almoçar ou fazer um lanche em volta da praça.

da praça de Tomar pode-se o Convento de Cristo no alto da colina

a cidade parece mover-se devagar no tempo

torre da igreja tráz o símbolo dos cavaleiros templários

 Quer ler mais sobre Portugal? Visite nossa página.

 

Edson Maiero

This Post Has 4 Comments
  • Hermosas fotografías! Fascinante la historia de los Templarios, y sus sucesores de la Orden de Cristo, que tanto tuvieron que ver que ver con los Descubrimientos…
    Visité Tomar en 2010 y realmente es impresionante. Y combina muy bien si se quiere visitar Fátima en el mismo día.
    Un muy buen lugar para alojarse, en las cercanías, es Ourém… La Pousada es confortable y de noche, el antiguo pueblo desierto bajo el castillo nos sumerge en otra época!
    Nuevamente felicitaciones por tu blog.

    • Enrique,

      Obrigado pelo comentário e por suas dicas. Estou indo em Maio para Portugal e vou incluir Ourém, pois fiquei curioso em ver a noite lá. Gosto muito de seu blog, tanto que ele faz parte da lista de blogs de viagem que manhenho na página “viajando na web”. Parabéns!

      Edson Maiero

      • Gracias Edson. Espero que tengas un muy buen viaje en mayo.
        Tu blog también está en mi lista de blogs preferidos.
        He mirado algunos de tu lista ‘viajando na web’, que me han interesado. Noté un error en ‘Andanzas’ porque el url está bien pero dirije a otro sitio.
        Cordialmente, Enrique.

        • Enrique,

          me desculpe a falha, fiz a correção e agora o link direciona para seu blog.

          Edson Maiero

Comments are closed.