Museu Quai Branly

Museu Quai Branly

Conheci o Museu Quai Branly, pesquisando em uma lista de museus em um app sobre Paris. Acessei a página, achei interessante, e fiquei pensando como nunca havia falar deste Museu e não demorei para ir lá conferir.

O Quai Branly tem como foco as culturas primitivas dos povos das Américas, África, Ásia e Oceania, sendo assim o que encontramos lá é totalmente diferente do que estamos acostumados a ver nos tradicionais museus ocidentais. Não existem pinturas elaboradas ou belas estátuas em mármore, mas sim crânios decorados, estátuas rudimentares em madeira ou pedra, diversos tipos de máscaras, instrumentos musicais, totens, cocares, etc.

A montagem do museu foi muito bem feita, e caminhar em seus corredores sinuosos é agradável. Eles formam um caminho que nos conduzem naturalmente entre as obras e é curioso pensar que em alguns casos esta “arte primitiva” ainda esta viva e sendo produzida nos dias de hoje.

O museu fica na Quai Branly 37, às margens do Rio Sena e a poucos metros da Torre Eiffel, e abre as terças, quartas e domingo das 11:00 às 19:00 e às quintas, sextas e sábado das 11:00 às 21:00 horas, com ingressos a €8.50.

uma das salas de exposição

booking_paris

Estátua Real – Camarões

estátua em madeira: pregos e parafusos cravados em uma figura humana, retratando dor e sofrimento

Danças Rituais dos Andes

mascaras

crânios ancestrais da Indonésia

Torre Eifel vista de uma janela do Quai Branly

o museu invadindo a rua: o Quai Branly faz exposições de fotografia nas margens do Rio Sena

Quer ler mais? Clique aqui e visite nossa página sobre Paris.

Siga o Phototravel360 no Twitter – @phototravel360

Visite o Phototravel360 no Facebook – Phototravel360

Visite o Campos do Jordão 360 no Facebook – CamposdoJordão360

Assine o Phototravel360 por email – Phototravel360