Porto e suas Igrejas

Porto e suas Igrejas

Porto, assim como toda cidade portuguesa, tem uma grande variedade de igrejas, com os mais variados tamanhos e riquezas culturais escondidas em cada uma delas. Sendo assim, se você estiver caminhando por Porto, certamente irá cruzar com algumas, e pode ter certeza, vale pena conhece-lás. Vou fazer aqui um breve resumo das principais igrejas da cidade, e que em minha opinião merecem ao menos uma rápida visita.

Catedral da Sé:

Construída no centro histórico da cidade, é um dos seus principais monumentos. Reúne estilos românticos, gótico e barroco. Leia um post completo sobre a Catedral, clicando aqui.

Porto, Portugal, Catedral da Sé, claustros

corredores dos claustros

Porto, Portugal, Catedral da Sé

paineis de azulejos retratam a vida da Virgem Maria e as “Metamorfoses” de Ovídio

Porto, Portugal, Catedral da Sé

nave principal da Catedral

Igreja da Misericórdia:

A Santa Casa da Misericórdia do Porto foi criada em 1502, seguindo a recomendação do rei D. Manuel I, que escreveu às pessoas mais influentes da cidade, recomendando que fosse criada uma casa semelhante a inaugurada em Lisboa em 1498. A Santa Casa foi instalada inicialmente na Capela de São Tiago, na Catedral da Sé, e em 1559 mudou-se para a Rua das Flores, na Casa do Despacho, e se iniciou então a construção da igreja, que seria benzida em 13 de Dezembro de 1559, mas a capela-mor, foi construída apenas em 1584.
A igreja passou um longo período abandonada, e só no século 18 é que voltou-se a pensar em reconstruí-la. Em fevereiro de 1740, vários peritos foram consultados, entre elas Nasoni (famoso por suas obras na Catedral da Sé), para que dessem um parecer sobre a segurança da Igreja. Entretanto, e igreja só foi reformada por Nasoni em 1748, após a queda da abóbada da igreja.
Em seu interior temos apenas uma nave com abóbada de tijolos e as paredes são revestidas de azulejos azuis e brancos. Um dos destaques da visita, é o órgão existente no segundo andar e a bela vista que temos da igreja a partir deste ponto.

Porto, Portugal, Igreja da Misericódia

nave principal da Igreja

Porto, Portugal, Igreja da Misericódia

Orgão

Porto, Portugal, Igreja da Misericórdia

Galeria dos Benfeitores

Porto, Portugal, Igreja da Misericódia

nave principal da igreja

Ficha Técnica:

Endereço: Rua das Flores, 15

Horário: 8h00 às 12h00 e 14h30 às 17h30

Igreja dos Congregados:

Foi inaugurada em 1680 e recebeu no século 17 os azulejos de sua fachada, que representam cenas da vida de Santo Antônio.

Porto, Portugal, Igreja dos Congregados

Igreja dos Congregados: azulejos na fachada mostram a vida de Santo Antônio

Ficha Técnica:

Endereço: Rua da Sá da Bandeira, 11

Igreja do Carmo:

Construída entre 1750 e 1768 por José Figueiredo Seixas, a Igreja do Carmo tem como grande ponto alto um enorme painel de azulejos cobrindo sua fachada lateral. Este painel, de 1912, foi desenhado por Silvestro Silvestri, e mostra a fundação da Ordem das Carmelitas.
A fachada principal da igreja é ricamente detalhada com um portal retangular, ladeado por duas esculturas dos profetas Elias e Eliseu. Em seu interior temos destaque para os trabalhos em talha dourada nas capelas laterais e no altar-mor.

Porto, Portugal, Igreja do Carmo

Igreja do Carmo e seu enorme painel de azulejos em sua fachada lateral

Porto, Portugal, Igreja do Carmo

Nave principal da Igreja do Carmo

Porto, Portugal, Igreja do Carmo

A beleza do trabalho entalhado em madeira, em uma das capelas laterais da igreja

Porto, Portugal, Igreja do Carmo, azulejos

enorme painel de azulejos, da Igreja do Carmo

Ficha Técnica:

Endereço: Praça Alberto, 32

Horário: 2a. a 6a. feira:8h00 às 12h00 e 14h00 às 17h30, sábados 8h00 ao meio dia e domingos das 7h30 às 13h00

Igreja São Francisco

Esta bela igreja gótica começou a ser construída no século 14, como parte de um convento franciscano. Aqui a grande atração são as esculturas barrocas entalhadas em madeira, e em especial a obra “A Árvore de Jessé”, que mostra a árvore genealógica de Cristo. Feita de madeira dourada e pintada, foi esculpida por Felipe da Silva e Antonio Gomes, entre 1718 e 1721. Você pode ainda visitar as catacumbas e os tesouros do mosteiro.

Porto, Portugal, Igreja São Francisco

fachada da Igreja São Francisco

Porto, Portugal, Igreja São Francisco

esculturas entalhadas em madeira

Porto, Portugal, Igreja São Francisco

Riqueza de detalhes no altar entalhado em madeira: A Árvore de Jessé

Porto, Portugal, Igreja São Francisco

Detalhes da “Árvore de Jessé”

Porto, Portugal, Igreja São Francisco

Catacumbas

Ficha Técnica:

Endereço: Rua do Infante Dom Henrique

Horário: 9h00 as 17h00

Igreja Santo Ildefonso

Esta igreja tem em sua fachada mais de 11.000 azulejos que retratam cenas da vida de Santo Ildefonso. Os azulejos foram uma obra de Jorge Colaço (1932), mesmo artista que fez os azulejos da Estação Ferroviária São Bento.

Porto, Portugal, Igreja Santo Ildefonso

Fachada da Igreja Santo Ildefonso (by Iphone)

Porto, Portugal, Igreja Santo Ildefonso

Altar da Igreja Santo Ildefonso

Ficha Técnica:

Endereço: Praça da Batalha

Horários: Segunda-feira: 15:00 às 18:30h; Terça a Sábado: 9:00 às 12:00 e 15:00 às 18:30h e aos Domingos: 9:00 às 13:00 e 18:00 às 20:00h.

Igreja e Torre dos Clérigos

Localizadas no alto de uma colina, a Igreja e Torre dos Clérigos se destacam no horizonte da cidade do Porto. Construída no século 18, por Nicolau Nasoni (sim, ele de novo), esta igreja inovou ao ser a primeira de Portugal com um interior oval. Ao seu lado, temos a Torre, com 75 metros de altura, ainda hoje, um dos edifícios mais altos de Portugal.
Não preciso dizer que o ponto alto da visita esta em subir na Torre, são 240 degraus em uma escada circular e ao chegarmos ao alto da torre, dividimos o espaço com os sinos. Dali temos uma vista espetacular da cidade e do Rio Douro. Cheguei ali sem fôlego, mas senti que valeu a pena o sacrifício da subida.

Porto, Portugal, Igreja e Torre dos Cléricos

Igreja dos Cléricos

Porto, Portugal, Igreja e Torre dos Cléricos

Torre dos Cléricos: 240 degraus até o topo

Porto, Portugal, Igreja e Torre dos Cléricos

Altar da Igreja dos Clérigos

Porto, Portugal, Igreja e Torre dos Cléricos

Dividindo o espaço com os sinos: Por sorte, ou azar, estava lá bem no momento em que tocaram…foram alguns minutos de surdez após isto

Igreja e Torre dos Cléricos, Porto, Portugal

Do alto da torre temos uma ótima vista da cidade

Igreja e Torre dos Cléricos, Porto, Portugal

Rio Douro em destaque

Ficha Técnica:

Endereço: Rua de S. Filipe de Nery

Horário: 9h00 as 19h00

Como você pode ter visto, Porto é realmente recheada de Igrejas, mas as diferenças entre elas são tão gritante que você nunca sente uma sensação de cansaço aos visita-las, pois sempre terá algo novo para atiçar sua curiosidade.

 

Edson Maiero

This Post Has 5 Comments
  • Oi.. mais um agradecimento. Quando passei para fechar meus roteiros de Portugal nem tive tempo de deixar um recadinho. Mas como esse post foi bem utilizado como guia em Porto, acho que merece um agradecimento formal, não é mesmo? Obrigada pelas indicações, que foram muito bem utilizadas, assim como pelas belas imagens que nos enchem de expectativa antes de cada viagem!!! Abraços,

    Paula

    • Paula,

      que bom que gostou dos posts de Porto e curtiu a cidade. Esta é uma das minhas cidades favoritas na Europa.

  • Lindas fotos, bom post e que cidade! RT @viajenaviagem: #viajosfera Porto e suas Igrejas (no @phototravel360) –> http://t.co/PM0kXVx6

    • Natalie,

      valeu, obrigado pela oportunidade.

      Edson Maiero

Comments are closed.