Paris – uma visita a Notre-Dame

Paris – uma visita a Notre-Dame

Notre-Dame não é apenas a Catedral de Paris, ela é um dos principais marcos da cidade. Localizada na Ile de la Cité, sua construção começou em 1163, quando o Papa Alexandre III colocou a primeira pedra, e demorou 167 anos para ser construída.

Com sua arquitetura gótica, Notre-Dame foi erguida sobre um antigo templo romano, e quando da sua conclusão em 1330, foi um grande marco da engenharia, com 130 metros de comprimento e torres que chegam a 69 metros de altura.

Como não podia deixar de ser Notre-Dame esteve presente em diversos momentos importantes da história francesa, como a coroação do Imperador Napoleão Bonaparte em 1804 e a beatificação de Joana d’Arc em 1909. Ela própria virou personagem no romance de Victor Hugo, que escreveu em 1831 o romance “O Corcunda de Notre-Dame”,  que narra a história de Quasimodo, corcunda, surdo e sineiro da catedral e que vive uma paixão impossível pela cigana Esmeralda.

Para mim a visita se divide em três partes, sendo a primeira parte se inicia em seu exterior. Caminhar em torno de Notre-Dame nos dá a oportunidade de vermos a grandeza da obra e a beleza dos detalhes e suas duas torres.

Na sua fachada (face oeste) temos três grandes portais, logo acima destes portais temos a Galeria dos Reis: uma série de 28 estátuas, representando os reis de Judá. Ao centro o destaque fica com a Rosácea Oeste, em homenagem a Virgem Maria.

Fachada central de Notre Dame, com destaque aos 3 portais, Galeria dos Reis, Rosácea Central e suas duas torres

Fachada central de Notre-Dame, com destaque aos 3 portais, Galeria dos Reis, Rosácea Central e suas duas torres

 

Da esquerda para a direita temos o Portal da Virgem, Portal do último julgamento e o Portal de Santa Ana. Acima a Galeria dos Reis.

Da esquerda para a direita temos o Portal da Virgem, Portal do Último Julgamento e o Portal de Santa Ana e acima deles, a Galeria dos Reis.

 

Detalhes do Portal do último julgamento, com suas estátuas do Século 13

Detalhes do Portal do Último Julgamento, com suas estátuas do Século 13

 

Reserve seu Hotel em Paris

Reserve seu Hotel em Paris

Os fundos da catedral também é muito bonito. Uma visita à Square Jean XXIII,  uma pequena praça atrás de Notre-Dame é uma ótima pedida para descansar, especialmente se você estiver com crianças, já que elas podem brincar por lá e também é um ótimo local para ver os arcobotantes (semi arcos apoiados em colunas) do extremo leste da catedral.

Square Jean XXIII, pequena praça atrás de Notre Dame

Square Jean XXIII, pequena praça atrás de Notre-Dame

 

 detalhe dos arcobotantes, mistura de arcos com colunas, na fachada leste de Notre Dame

detalhe dos arcobotantes, mistura de semi arcos com colunas, na fachada leste de Notre-Dame

A segunda parte da visita é pelo interior da Catedral de Notre-Dame. Logo na entrada podemos ver a nave central e sua abóbada sobre o transepto, altar e coro. Se não estiver ocorrendo uma missa, é permitido caminhar e fotografar nesta área, mas sempre mantendo-se o silêncio, uma vez que várias pessoas sentam para orar.

nave principal com sua abóboda

nave principal com sua abóbada

Após visitar a nave central, vamos caminhar pelos corredores laterais que dão a volta pela Catedral. Nesta área temos várias pequenas capelas e temos como destaques: a Rosácea Sul com uma imagem de Cristo no centro, La Pieta de Nicolas Coustou, uma estátua de Joana D’Arc e o Anteparo do Altar, esculpido em pedra no século 14, que mostra passagens bíblicas com uma grande riqueza de cores e detalhes. Você ainda pode visitar o Museu da Catedral, onde estão seus tesouros: peças em prata, vestimentas dos Bispos, crucifixos, coroas, etc.

Rosácea Sul: este vitral a 13 de metros de altura, mostra uma imagem de Cristo no centro

Rosácea Sul: este vitral a 13 de metros de altura, mostra uma imagem de Cristo no centro

 

uma das pequenas capelas de Notre-Dame

uma das pequenas capelas de Notre-Dame

 

Atrás do altar principal temos a Pieta de Nicolas Coustou

Atrás do altar principal temos a Pieta de Nicolas Coustou

 

Estátua de Joana D'Arc, que foi beatificada em 1909

Estátua de Joana D’Arc, que foi beatificada em 1909

 

Notre Dame: Anteparo do Altar esculpido em pedra - Século 14

Anteparo do Altar esculpido em pedra – Século 14

A terceira parte de nossa visita é pelo alto. Você pode visitar 0 alto das torres da catedral, e ver de perto gárgulas e o sino Bourdon Emmanuel que desde sua instalação em 1681, só foi tocado 84 vezes. Como não existe acesso por elevador, prepare-se para subir 387 degraus até o alto da torre, mas a vista compensa todo esforço.

Veja abaixo os horários para se visitar o alto das torres e o preço do ingresso:

  • 1 de Abril a 30 de Setembro: 10:00 às 18:30 hs.
  • entre Julho e Agosto, às sextas e sábados as visitas se estendem até as 23:00 hs.
  • 1 de Outubro a 31 de Março: 10:00 às 17h30 hs
  • Não abre nos dias 1 de Janeiro e 25 de Dezembro
  • Os ingressos para adultos custam 8,50 €.
Gárgulas de Notre Dame

Gárgulas vigiando os arredores da Catedral

A Catedral de Notre-Dame abre todos os dias das 8:00 às 18:45 hs, sendo que aos sábados e domingos, o horário é estendido até as 19:15 hs. A entrada é gratuita.

Como chegar a Notre-Dame? É fácil, basta pegar a Linha 4 do Metro e descer na estação Cité, você estará a poucos metros dela.

Mas não pense que nosso passeio por Notre-Dame acabou, muito pelo contrário. Quando andamos por seus arredores é impossível não vê-la em destaque no horizonte e geralmente temos belas imagens.

visão de Notre-Dame enquanto caminhamos às margens do Rio Sena

visão de Notre-Dame enquanto caminhamos às margens do Rio Sena

Pôr do Sol e Notre-Dame

Pôr do Sol e Notre-Dame

Bom espero que você tenha gostado das dicas e das fotos e que este post lhe ajude na sua visita a Notre-Dame.

Siga o Phototravel360 no Twitter – @phototravel360

Curta o Phototravel360 no Facebook – Phototravel360

Visite o Campos do Jordão 360 no Facebook – CamposdoJordão360

Assine o Phototravel360 por email – Phototravel360