Museus de Paris

Museus de Paris

Paris é uma cidade que possui os mais diversos e diferentes museus. Desde os mais famosos, como o Louvre até os mais desconhecidos e estranhos, como por exemplo o Museu dos Esgotos de Paris, um trecho da rede pluvial, transformado em museu para contar a história do tratamento de afluentes na cidade (fria!!). Existem alguns museus que eu recomendo que você visite. Vou citá-los em ordem de importância (na minha opinião), assim se você tiver pouco tempo, tente visitar ao menos os primeiros da Lista.

Museu do Louvre
(99 Rue de Rivoli, Paris, França)
Museu D Orsay
(1 Rue de la Légion d'Honneur, Paris, França)
Museu Rodin
(79 Rue de Varenne, Paris, França)
Museu dos Inválidos e das Armas
(129 Rue de Grenelle, Paris, França)
Dome, túmulo de Napoleão
(Avenue de Tourville, Paris, França)
Centre Pompidou
(Rue Saint-Martin, Paris, França)
Museu do Quai Branly
(37 Quai Branly, Paris, França)
Cité de l'architecture
(1 Place du Trocadéro et du 11 Novembre, Paris, França)
Museu Cluny
(6 Place Paul Painlevé, Paris, França)
Espaço Dali
(11 Rue Poulbot, Paris, França)
Museu Arts-et-Métiers
(60 Rue Réaumur, Paris, França)
Museu l'Orangerie
(Tuileries, Paris, França)
Maison de Victor Hugo
(6 Place des Vosges, Paris, França)
Museu Jacquemart-André
(158 Boulevard Haussmann, Paris, França)

 

1. Museu do Louvre:

Museu do Louvre a noite

Museu do Louvre a noite

O Museu do Louvre é o maior e mais famoso museu em Paris e ao visitá-lo você poderá conhecer não apenas obras famosas, como a Mona Lisa de Leonardo da Vinci, mas certamente pinturas e esculturas de artistas menos conhecidos, que irão mexer com você. Eu por exemplo, sou fascinado pela estátua “Femme Voilée” de Antonio Corradini, cuja foto abre este post.

2. Museu D’Orsay:

IMG_7598

O Museu D’Orsay, localizado a poucos metros do Museu do Louvre e instalado em uma antiga estação ferroviária, reúne em seu acerto obras do período entre 1848 e início do século XX, lá encontramos Monet, Van Gogh, Degas, e outros. Quando visitar dedique tempo para ver as galerias do “realismo”, os quadros são impressionantes.

3. Museu Rodin:

O Pensador de Rodin

O Pensador de Rodin

Gosta de esculturas? Então você não pode deixar de visitar o Museu Rodin. Diversas esculturas de bronze de Rodin estão espalhadas por um lindo jardim que na primavera é tomado por mais de mil roseiras e no interior do Hotel Biron, a mansão em que Rodin viveu, temos estátuas de mármore, como “O Beijo”, gravuras e outras obras do artista e de sua companheira Camille Claudel.

4. Museu dos Inválidos e das Armas

Museu dos Inválidos e das Armas

Museu dos Inválidos e das Armas

A França se orgulha de suas batalhas e sendo assim não poderia deixar de haver um museu a este respeito. O Museu dos Inválidos e das Armas tem uma bela coleção de armas, desde a idade média até a 2a Guerra Mundial. São armaduras, pistolas, rifles, uniformes militares e dois corredores dedicados a primeira e segunda guerra mundial que nos dão mais uma visão dos horrores e selvageria destes conflitos.

5. Dome

Dome

Dome

Uma vez que tenha visitado o Museu dos Inválidos, não deixe de esticar e visitar a Dome, igreja onde estão os restos mortais de Napoleão. O lugar é muito bonito e sua cúpula revestida em ouro é impressionante.

6. Centre Pompidou

Centre Pompidou

Centre Pompidou

Um museu que impressiona logo que você chega é o Centre Pompidou. Instalado em um prédio que lembra uma refinaria, com diversos tubos coloridos em sua fachada, ele abriga o Museu Nacional de Arte Moderna, cinemas, restaurantes, uma livraria.  Tenho certeza de que as obras lá expostas irão mexer com você.

7. Museu Quai Branly

Museu Quai Branly

Museu Quai Branly

O Museu Quai Branly localizado próximo a Torre Eifel, nas margens do Rio Sena, é dedicado às arte primitiva das civilizações da África, Ásia, Oceania e Américas. O acervo do museu é exposto em um espaço cuidadosamente planejado e a iluminação dá ênfase total às obras.

8. Cité de L’Arquitecture

Cité de L'Arquitecture

Cité de L’Arquitecture

Um museu dedicado a arquitetura francesa, este é o Cité de L’Architecture. Localizado no Palais de Chaillot, bem em frente ao Trocadero e Torre Eifel, lá você verá reproduções de fachadas de edifícios, altares e estátuas e também poderá ver a Torre Eifel de um ângulo diferente do usual.

9. Museu do Cluny

Madona, no Museu do Cluny

Madona, no Museu do Cluny

O Museu do Cluny ou Museu Nacional da Idade Media reúne uma série de objetos de arte medieval, são objetos sacros, pinturas e vitrais fazem parte do acerto.

10. Espaço Salvador Dali

Espaço Salvador Dali

Espaço Salvador Dali

O Espaço Salvador Dali, localizado em Montmartre reúne diversas gravuras, móveis e esculturas do artista e reúne com isto o maior acervo do artista catalão em solo francês.

11. Musée des arts et métiers

Musée des arts et métiers

Musée des arts et métiers

O Musée des arts et métiers é um museu dedicado a história da evolução da tecnologia ao longo do tempo. Com setores dedicados a instrumentos de medição, mecânica, eletrônica, materiais, energia, transporte, eletrônica, etc. É muito interessante perceber como atualmente as novas tecnologias ficam obsoletas rapidamente, o evidenciando que estamos em uma época de rápida evolução e que precisamos nos adaptar para não ficarmos nós, obsoletos.

12. Museu L’Orangerie

Museu L'Orangerie

Museu L’Orangerie

Localizado próximo ao Museu do Louvre e ao Museu D’Orsay, o Museu L’Orangerie tem em seu acervo obras do período impressionista, tendo como destaques 8 painéis da série Ninféias de Monet, Renoir, Pablo Picasso, etc.

13. Mansion Victor Hugo

Sala de Jantar com decoração gótica

Sala de Jantar com decoração gótica

 

Localizado na Place des Vosges, a Mansion Victor Hugo reconstitui ambientes nos quais o grande escritor francês morou e você ainda pode emendar uma visita a Place des Vosges, uma das mais charmosas do mundo.

14. Museu Jacquemart-André

entrada do Museu Jacquemart-André

Museu Jacquemart-André

O Museu Jacquemart-André reúne o acervo do casal Édouard André e Nélie Jacquemart, que durante os anos em que estiveram juntos, viajaram a diversos países em busca de obras de arte.

15. Museu dos Impressionistas

Museu dos Impressionistas

O Museu dos Impressionistas, fica em Giverny, local onde Monet morou, possui uma bela coleção com obras de Robert Vonnoh, Theodore Wendel, John Leslie Breck, Richard Emil Miller, Louis Paul Dessar, Manet, Renoir e é claro, Claude Monet, mas é para mim, um sério candidato ao titulo do “Museu mais Chato” da França. Uma grande quantidade de monitores faz com que o silencio impere e as pessoas não têm coragem sequer de comentar as obras que estão vendo, fazendo com que a visita fique chata, muito chata.

Você já deve estar se perguntando o quanto irá gastar de ingressos, mas a boa notícia é que diversos museus em Paris oferecem entrada gratuita um dia por mês (geralmente o primeiro domingo) e você também tem a opção de comprar o “Paris Museum Pass” que tem uma validade de 2 a 6 dias e com ele podemos visitar mais de 60 museus e monumentos (mas não a Torre Eifel), sem pagar mais nenhum taxa adicional e escapando das filas de ingressos.

Conhece e gosta de algum museu que esta ou não esta na lista? Compartilhe deixando seu comentário.

 

Quer ler mais? Clique aqui e visite nossa página sobre Paris.

 

Siga o Phototravel360 no Twitter – @phototravel360

Curta o Phototravel360 no Facebook – Phototravel360

Acompanhe-nos no Google Plus – Phototravel360

Visite o Campos do Jordão 360 no Facebook – CamposdoJordão360

Assine o Phototravel360 por email – Phototravel360