Na minha opinião a melhor maneira para se deslocar em Paris é andando o máximo que puder e quando necessário usar e abusar do Metro. O transito em Paris é totalmente louco, e me atrevo a dizer que o pior motorista do mundo é o Parisiense. Eles não respeitam nada, trocam de faixa a todo momento e sempre culpam o outro motorista pelas suas barbeiragens. Outro ponto contra os carros, é a dificuldade de se localizar vagas para estacionar o carro. Lembre-se, por ser uma cidade antiga, o planejamento foi feito pensando-se em carruagens e cavalos, sendo assim, os carros sofrem um pouco e são uma péssima opção.

Mas nada mais agradável em Paris do que andar de uma atração para outra  e quando necessário (pela distância, cansaço, frio ou chuva…)  o Metro está por toda a parte.

O Metro cobre toda a Cidade e apesar de muito prático acaba sendo confuso para os que têm pouca familiaridade com ele, pois muitas vezes são necessárias conexões para se chegar ao destino desejado. Assim, minha recomendação é utilizar a ajuda de um mapa eletrônico que pode ser baixado em qualquer smart phone, seja um Android ou Iphone. Eu  utilizo o Metro Paris, para Iphone, que funciona perfeitamentelhe indicando a rota a ser seguida, existem programas similares com os mapas do Metro de diversas cidades ao redor do mundo.  Basta indicar qual a estação inicial e qual o seu destino que o programa lhe indica todas as conexões que devem ser feitas.

Uma outra opção é pedir o mapa no momento da compra do bilhete. Caso queira dar uma olhada no sistema de metro de Paris, vá ao site: http://map.metro-passes.com/index_PO.htm, neste site é possível ver e consultar os mapas do sistema de Metro, ônibus e trem, além das opções de tickets.

Quer algo diferente? Que tal alugar uma bicicleta para rodar por Paris? Em todas as estações de Metro você encontra pelo menos um bolsão da Velib, no qual é possível retirar uma bicicleta e depois fazer sua devolução. O sistema é simples, usando o cartão de crédito, você compra créditos que permitem usar as bicicletas por 1 ou 7 dias (€1 por dia). Para retirar a bicicleta você precisa digitar o código do cupom que você recebe após a compra e retirar a bicicleta do suporte (o que nem sempre é fácil). Os primeiros 30 minutos são gratuítos, a primeira meia hora adicional custa €1; a segunda meia hora suplementar custa €2 e a partir da terceira meia hora adicional o usuário paga €4 por cada meia hora. A dica é sempre andar no máximo 30 minutos, devolver a bicicleta e retirar outra. Os valores cobrados pelo tempo acima de 30 minutos, serão debitados de seu cartão de crédito. Esta é uma ótima opção para se conhecer a cidade, pois além de econômica, permite que tenhamos um contato maior com a cidade, quando comparado com o uso do metro, e ao mesmo tempo, mais rápido do que caminhar. Importante: ao digitar sua senha no toten, se certifique de que não ninguem esta te observando, existem casos em que a pessoa digitou a senha, e um larápio pegou a bicicleta do suporte e a roubou, nestes casos você ficaria com o prejuizo. Outro ponto importante, veja o estado de conservação da bicicleta, pois algumas apresentam problemas de peças quebradas ou bancos que não param na altura que você deseja.

Quer ler mais? Visite nossa página sobre Paris.

Edson Maiero

This Post Has 7 Comments
  • Gostaria de dicas de hoteis bons e baratos perto do Louvre.
    Valeu!!
    Raquel

  • È Paris encanta, gosto muito, depois das cataratas. nos veremos no Natal,vou telefonar beijos querido Neide

  • O seu site é ótimo!As fotos são maravilhosas e as dicas são muito boas.Obrigada

  • Gostei muito, paris me encanta, voce fotografa muito bem,

  • Daniela,

    Você pode comprar passes com vigência de 1,2,3 ou 5 dias (a contar do primeiro dia de uso). Estes bilhetes integram todo o sistema de transporte de Paris (Metro, trem (RER) e ônibus. Existem 2 opções: zona 1 a 3, que se limita a Paris e Zona 1-6, que abrange Versailles (Zona 4), os Aeroportos Charles de Gaurle (Zona 5) e Orly (Zona 6), e Disneyland Resort (ZOna 5).

    Particularmente não creio que valha a pena, a não ser que você realmente vá andar muito de Metro. Do contrário sai mais em conta comprar bilhetes individuais.

    De qualquer forma, veja no site abaixo os detalhes dos bilhetes e as tarifas:

    “http://www.ratp.info/touristes/index.php?langue=en&rub=decouvrir&cat=paris-visite&page=presentation”

    Edson Maiero

  • Ola, estou pensando em conhecer Paris e fiquei sabendo de uns tickets de metro como o Paris Visit.
    Pretendo ficar la uns 4 dias. Qual tipo de ticket vc me recomendaria?
    Obrigada pela atenção

  • Bárbaro, fechei os olhos e literalmente “viajei”,
    caminhei em plena Av.Champs Elysées, senti o vento
    batendo no meu rosto. Lindo demais. Beijossssssss
    Norma

Leave a comment