Descobrindo o Panthéon de Paris

Descobrindo o Panthéon de Paris

A fachada do Panthéon me lembra um templo romano, e ao entrar tive a sensação que estava em uma igreja, mas nenhuma das opções é correta, pelo menos não atualmente. Sua construção foi encomendada ao arquiteto Jacques-Germain Soufflot, pelo Rei Luís XV, após se recuperar de uma doença, em homenagem a Santa Genoveva, padroeira de Paris. A igreja, de estilo neoclássico, ficou pronta em 1790 e foi chamada de Igreja Santa Genoveva (Sainte-Genevieve), até que na Revolução Francesa, o Governo Revolucionário a transformou em um panteão, um mausoléu para sepultar heróis franceses.

Eu estava visitando o Jardim de Luxemburgo e ao sair pensei em caminhar pelos arredores e me vi frente a frente com o Panthéon e sua fachada e impressionante, com grandes colunas e uma enorme cúpula no topo. Entrei rapidamente ansioso para ver o que me aguardava e uau!!!!! O interior do Panthéon é impressionante: quatro corredores formam uma cruz, o piso trabalhado em mármore branco e preto e a decoração gótica combinada com estilo clássico.

 

fachada do Panthéon com colunas neoclássicas

fachada do Panthéon com colunas neoclássicas

o tamanho desta porta é um bom exemplo da altura do Panthéon

o tamanho desta porta é um bom exemplo da altura do Panthéon

detalhes do frontão em baixo relevo representando a pátria-mãe (França) homenageando seus grandes homens

detalhes do frontão em baixo relevo representando a pátria-mãe (França) homenageando seus grandes homens

As criptas do Panthéon abrigam atualmente os restos mortais de 67 franceses ilustres, entre eles: Victor Hugo, Jean Moulin, Emile Zola, Marie Curie, Alexandre Dumas, Voltaire, e outros. Apesar de não ser mais uma igreja, o Panthéon mantém afrescos religiosos, como o que homenageia Santa Genoveva e o afresco com Jesus.

O interior do Panthéon é impressionante com decoração gótica combinada com estilo clássico

O interior do Panthéon é impressionante com decoração gótica combinada com estilo clássico

Afrescos sobre a vida de Santa Genoveva. Obra de Pierre Puvis de Chavannes, século 19

Afrescos sobre a vida de Santa Genoveva. Obra de Pierre Puvis de Chavannes, século 19

As criptas ficam no subsolo e seu acesso se dá por uma escada caracol. Elas ocupam todo subsolo do Panthéon, divididas em galerias com colunas e corredores.

escada caracol que dá acesso às criptas no subsolo

escada caracol que dá acesso às criptas no subsolo

as criptas ocupam todo subsolo do Panthéon

as criptas ocupam todo subsolo do Panthéon

cripta de Victor Hugo, Emile Zola e Alexandre Dumas

cripta de Victor Hugo, Emile Zola e Alexandre Dumas

Após visitar as criptas, dei mais uma volta pelo Panthéon, observando os detalhes e a cada minuto ficava mais impressionado com a beleza do lugar.

Estátua La Convention Nationale

Estátua La Convention Nationale

Abre todos os dias:

1 de abril a 30 de setembro das 10h00 às 18h30

1 de outubro a 31 de março das 10h00 às 18h00

ingressos: 7,50 €

Aluguel de áudio guia: 4,50 €

Como chegar: Metro Jussieu (linhas 7 e 10), Metro St-Michel (Linha 4) ou St- Michel (RER B e C)

 

Siga o Phototravel360 no Twitter – @phototravel360

Curta o Phototravel360 no Facebook – Phototravel360

Acompanhe-nos no Google Plus – Phototravel360

Visite o Campos do Jordão 360 no Facebook – CamposdoJordão360

Assine o Phototravel360 por email – Phototravel360